quarta-feira, 26 de março de 2014

Libertando-se do Sistema Humano de Vida - Pai Joaquim




RESPOSTA DE JOAQUIM - com Bela Menezes
http://meeu.com.br/ceu/convivencia-do-espiritualista-com-outras-pessoas/

Participante: desde que optei a aproximar-me de Deus, consequentemente afastar-se do sistema humano, certas pessoas tem se afastado da minha convivência naturalmente e essas pessoas me cobram, dizem que mudei, que estou diferente. Esta caminhada é mesmo solitária? O sistema não me deixa em paz.

Pai Joaquim: Sim, a caminhada é solitária. Eu já tinha dito isso... Aliás, quando falei, algumas pessoas não compreenderam o que disse. Quando falei que a elevação espiritual, o unir-se ao todo, não é algo feito coletivamente, mas precisa ser feito individualmente, individualisticamente, as pessoas não aceitaram...


 Realmente parece estranho, mas para você alcançar o todo, precisa voltar-se para dentro, ser sozinho com você. Essa é a verdade.

 Deixe-me lhe explicar uma coisa. Você me fala no início da sua pergunta que resolveu aproximar-se de Deus, dedicar-se a Deus. Bonitas palavras, mas eu queria lhe fazer uma pergunta: o que significa isso? O que significa decidir aproximar-se de Deus? O que significa decidir voltar-se pra Deus? 

 Significa abandonar a humanidade, dar as costas ao humano. Você não tem duas frentes, por isso, virando-se de frente para algum lugar, automaticamente dará as costas a outro. É impossível estar de frente para duas coisas, ou como ensinou Cristo: é impossível servir a dois senhores ao mesmo tempo.


 A partir desta constatação, aproveitando a grande oportunidade que você está nos dando com sua pergunta, eu lhe questiono: o que significa virar-se de costas pra humanidade? É não reclamar mais do sistema de transporte da sua cidade, não reclamar mais do governo que você tem, não reclamar mais dos problemas que vocês convivem na área da saúde ou da educação, não reclamar mais porque a polícia se corrompe com os bandidos, não reclamar mais porque o seu vizinho não lhe respeita e coloca o som no volume alto. É isso que significa voltar-se para Deus...

 Quem se volta para Deus, dá as costas para a humanidade e quando fica de costas para a humanidade nada dela lhe incomoda mais. A humanidade ou que é visto pelo humanidade como errado, como mal, não pode causa mais nenhum efeito naquele que se vira para Deus. É justamente por causa disso que a humanidade estará sempre contra aquele que se volta para Deus.

 O ser humano acha que é ele reclama do sistema de condução da sua cidade, dos governos, dos problemas da saúde e de todas as outras coisas que vocês acham erradas neste mundo, mas não é ele que reclama. O que vocês ainda não compreenderam que não fazem isso porque querem, que não se trata de uma reação individual de cada um, mas que é o sistema humano de vida que impõe que o ser humano tenha esta reação. Usando um termo de vocês, a maioria reclama de alguma coisa porque se submete ao sistema humano de vida, porque é politicamente correto fazer essas reclamações. Eles não veem que é a mente que propõe isso e quando ela age deste modo está aprisionada às quatro âncoras que já conversamos...

 A mente quando propõe a reação a acontecimentos deste mundo, faz de tal forma que lhe impõe que que você tenha que ser aceito pela humanidade, que tenha que ser elogiado e reconhecido pela maioria como um ser humano que age, nem que seja na defesa do direito dos outros. Já reparou: a maioria que luta contra a falha do sistema de saúde tem seu plano de saúde particular e não passa por isso? A maioria que luta contra o sistema de educação frequenta escola particular? Ou seja, eles não estão reclamando por eles...

 Na verdade estas pessoas dizem que estão reclamando por causa dos outros, mas isso é irreal. Na verdade eles só fazem tudo isso porque estão presos ao sistema humano de vida. Por causa disso, precisam se enquadrar a este sistema para poderem ganhar, terem o prazer, alcançarem a fama e serem elogiados.

 É por isso que você não pode esperar que a humanidade aplauda os seus esforços por virar-se pra Deus. Você está se rebelando contra o sistema humano do qual elas precisam para ganhar, do qual elas precisam para serem consideradas politicamente corretas e por isso serem elogiadas. Quando faz isso, você passa a ser uma ovelha negra num bando de ovelhas brancas, ou seja, destoa deles...

 Acontece que todas as pessoas que vivem presas ao sistema humano de vida ouvem um espírito, um pastor, um padre ou um médium dizer que é preciso amar a todos. Eles não amam e veem, mesmo que seja inconscientemente, que eles não amam e que você ama. Por isso dizem para si mesmas que precisam viver como você, mas como não querem abrir mão do prazer de ganhar, tentam lhe fazer voltar-se novamente para a humanidade para que elas não se sintam culpadas de não amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

 É por que você não pode confiar na humanidade. É por isso que seus amigos lhe criticam por estar voltando as suas costas para a humanidade...

‘Como, você não vai aproveitar este momento? Como, você não vai passear? Como, você não vai comprar uma roupa nova? Como, você não vai reclamar do sistema de transporte, da saúde e da educação’? Realmente, eles não vão lhe deixar em paz.

Mas, mesmo eles não lhe deixando em paz, você pode ter paz. Como? Tendo fé: confiança e entrega, não em Deus, não em Joaquim, mas num ensinamento que você diz que acredita. Seja fiel a você mesma, ou seja, diga: eles podem falar o que quiserem, mas eu confio e me entrego àquilo que acredito que devo fazer. Nesse momento, por mais que eles lhe critiquem, você estará em paz.
O futuro a Deus pertence. Não podemos dizer que você ao agir desta forma fez a escolha certa e que eles fizeram a escolha errada. Ou melhor, os mestres dizem que você fez a escolha certa.


Portanto, se acredita nos ensinamentos dos mestres, faça por você, lute por você, pelo que você acredita. Não vire-se de costas para a humanidade por causa do que disse um médium, um mestre, um pastor ou um padre. Vire-se porque você acredita que esse seja o seu caminho...
Seja fiel a você mesma. Aliás, esse é um ensinamento de Cristo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente esse texto