terça-feira, 9 de abril de 2013

O que é o Egoísmo?



O Primeiro Ministro da Dinastia Tang era um herói nacional pelo seu sucesso tanto como homem de estado quanto como líder militar. Mas a despeito de sua fama, poder e riqueza, ele se considerava um humilde e devoto buddhista. Freqüentemente ele visitava seu mestre Zen favorito para estudar com ele, e eles pareciam se dar muito bem. O fato de que ele era primeiro ministro aparentemente não tinha efeito em sua relação, que parecia ser simplesmente a de um reverendo mestre e seu respeitoso estudante.

Um dia, durante sua visita usual, o Primeiro Ministro perguntou ao mestre, “Mestre, o que é o egoísmo de acordo com o Buddhismo?”

O rosto do mestre ficou vermelho, e num tom de voz extremamente desdenhoso e insultuoso ele gritou em resposta:

“Que tipo de pergunta estúpida é esta?!?”

Tal resposta tão inesperada chocou tanto o Primeiro Ministro que este tornou-se imediatamente arrogante e com raiva:
“Como ousa me tratar assim?”

Neste momento o mestre Zen sorriu e disse:
“ISTO, Sua Excelência, é egoísmo…”
 
 

domingo, 7 de abril de 2013

O porquê dos seres humanos estarem surtando - Pai Joaquim de Aruanda

 

Neste breve áudio, Pai Joaquim de Aruanda fala sobre a questão da Equanimidade, do questionamento dos Espíritos de Luz acerca do comportamento humano em que, cada um se coloca na posição de vítima, achando que é sempre o outro que está lhe atacando.

Fala ainda, sobre a problemática da dor, das situações de desalento e desânimo, de mal-estar, que nos sobressalta a todos sem aviso prévio.

Joaquim nos aconselha a todos a não se desesperar. "Faz parte do processo" - diz ele. A nossa estadia no planeta não pode ser tida à conta de uma colônia de férias ou um parque de diversões.

O Espírito está aqui para realizar provas. Não está aqui para aprender ou se aperfeiçoar. O aprendizado se dá no mundo espiritual - palco de estudos, ensaios, aprendizados. Nesse sentido a Terra deve ser tida à maneira de uma escola, em que os espíritos "descem", adentram a sala de aula para realizar a prova, para testar, comprovar se aprenderam tudo aquilo que estudaram.





sexta-feira, 5 de abril de 2013

"Dos Virtuosos"



Dos Virtuosos

 “É com grande reforço de trovões e de celestes pirotécnicas que é preciso falar aos sentidos sonolentos e adormecidos.

Mas a beleza fala em voz baixa; ela só penetra nas almas mais despertas.


Meu arco tremeu mansamente, e me sorriu: era o riso sarado, o estremecimento sagrado da beleza. 

E de vós, homens virtuosos, que ria hoje a minha beleza. E ouço sua voz dizer-me: ‘Eles querem ser bem pagos!’


Quereis ser bem pagos, homens virtuosos! Quereis uma recompensa para a vossa virtude, e o céu em troca da terra, a eternidade em troca do dia presente!  

E contudo me exprobais por ensinar que não há um celeste distribuidor de recompensas e retribuições? E, na verdade, ensino que nem a virtude é para si mesma a própria recompensa.